Entenda sobre o Processo de Cobrança

Entenda o processo de cobrança

Entenda o processo de cobrança

Para o consumidor as vendas feitas a prazo, ou seja, parceladas com cartão de crédito, no crediário ou em boleto bancário, são facilidades e comodidades oferecidas por vários tipos de comércio e aceitas em diversos negócios.

Isso significa que o material é entregue ou o serviço é executado ao consumidor final, mas, só será pago integralmente após dias, semanas ou até meses depois desta entrega.

Quando a parcela de pagamento com data fixada para recebimento não é paga, entra em cena a inadimplência deste pagamento acordado. Esta dívida pode ter arrolado por força de uma série de fatores e, precisa ser cobrada.

O processo de cobrança é um conjunto de procedimentos adotados pelas empresas. Isso ocorre independentemente do tamanho delas,pois os recebimentos dos débitos estão diretamente relacionados aos seus negócios.

Existem formas de realizar esta cobrança, que podem ser:

  • Processo de cobrança administrativo
  • Processo de cobrança extrajudicial
  • Processo de cobrança judicial.

Confira, a seguir, o que preparamos sobre cada uma destas formas de realização da cobrança.

O processo de cobrança administrativo

Primeiramente, a cobrança, até um tempo atrás, era uma abordagem agressiva e incisiva. Por meio de uma percepção do mercado, as empresas passaram a tratar a abordagem de forma mais cuidadosa, para não constranger o cliente.

O processo de cobrança administrativo é a forma amigável de cobrar o cliente. São todas as dívidas que não são representadas por títulos judiciais e configuram uma relação bilateral que, muitas vezes propõe negociações através de acordos.

Neste formato de cobrança é comum que sejam realizados os contatos por meio de ligações telefônicas, cartas de cobrança e notificações extrajudiciais.

O processo de cobrança extrajudicial

Se após um determinado período, a empresa não obter sucesso na cobrança desta dívida por via administrativa, ela pode optar por recorrer ao processo de cobrança extrajudicial.

Neste cenário a cobrança se estende para as serventias extrajudiciais. Desta forma, a dívida é registrada no Cartório de Protesto de Títulos. Uma informação importante é que o protesto não caduca, deixando de existir apenas após a solicitação do seu cancelamento.

(Em nosso blog, aliás, já publicamos um artigo com o tema: Como limpar seu nome no Cartório de Protesto)

O processo de cobrança judicial

Por fim, o processo de cobrança judicial decorre sobre dívidas declaradas por atos judiciais. Este processo configura uma relação trilateral, onde um Juiz irá julgar o caso e a sentença é um título judicial.

Para receber, o interessado deve ainda ajuizar um processo de cobrança do título judicial onde vai cobrar essa pessoa e executar a dívida. Se a execução da dívida reproduzir insolvência e o credor tiver certeza que o devedor possui bens suficiente para saldar a dívida, ele poderá entrar com o pedido de execução de penhora e penhorar estes bens.

O credor, para ter certeza que o devedor tem bens em seu nome, pode realizar uma pesquisa patrimonial de bens móveis e imóveis. Os bens móveis consistem em carros, motos, entre outros. O levantamento pode ser feito nos departamentos de trânsito de cada Estado.

A pesquisa de bens imóveis consistem em propriedades, terrenos, sítios, entre outros. O levantamento pode ser feito nos Cartórios de Registro de Imóveis da cidade que há interesse desta pesquisa.

As demandas destas pesquisas costumam tomar muito tempo e esforço para concluir os pedidos. Além disso existem casos no qual o devedor realiza a blindagem do seu patrimônio.

Por isso é recomendado uma empresa especialista no assunto para aumentar a assertividade nas buscas patrimoniais. O Cartório 24 Horas recomenda a Leme Inteligência Forense para esse processo.

Com a utilização de inteligência forense e inteligência artificial, a Leme já localizou mais de R$3.2 bilhões em patrimônios. Para conhecer todas as soluções disponíveis, é só clicar aqui.

36 thoughts on “Entenda sobre o Processo de Cobrança
  1. Bom dia,
    Eu possuo uma divida com uma empresa de cartão de credito, fiz um acordo com ela no meio do ano passado e paguei a primeira prestação, logo depois perdi o emprego e nao consegui mais pagar as parcelas. Hoje estou empregada novamente e gostaria de quitar a minha divida, só que a empresa de cartão direcionou a divida pra uma empresa que sendo esta já tentei negociar varias vezes e ela alem de não disponibilizar uma condição de pagamento coerente com a divida, coloca valores de juros 10 vezes o valor da divida. Eu recebi pelo correio uma correspondência do 6 oficio de registro civil de titulos e documentos dizendo que receberam uma pendencia de divida em meu nome. Tentei negociar novamente essa semana visando o pagamento e a empresa não disponibiliza uma condição justa. Gostaria de saber como proceder: arranjo um advogado, aguardo a empresa melhorar minha condição de pagamento. Quero resolver a situação. Aguardo resposta. obrigada

  2. gostaria de saber quanto tempo apos a emissao de uma nota fiscal de prestacao de servicos que nao foi paga, e a empresa continua com situacao ativa posso protesta-la? posso protestar os socios desta empresa ?

  3. Ola boa tarde. Eu tenho uma divida com cartão de credito e estão ameaçando agora entrar com carta de cobrança no cartorio. O preço que estão pedindo pra pagar é alto para mim quitar a divida. Esta cobrança administrativa diz-se “amigavel” mas o pessoal de cobrança esta me pressionando demais. Ligam toda hora no meu celular. Ate mesmo alguns domingos ja ligaram. Dias de semana apos as 21:00 horas. Isso não é nada amigavel. Me informei junto ao procon que não podem fazer isso. Se eu entrar com alguma ação contra o banco ou a empresa cobradora eu posso me livrar desta divida?
    Eu poderia fazer parcelado mas a proposta para parcelarem é absurda.
    Por favor se puder ajudar agradeço

    • Olá Luis,

      O fato da empresa estar realizando práticas incorretas de cobrança não significa que sua dívida será extinguida com uma ação. Você pode ingressar com uma ação para definir pelas vias judiciais qual será a melhor resolução para o pagamento desta pendência.

  4. Boa tarde..
    Me matriculei em uma faculdade a distância, e somente paguei a matrícula, e acessei o portal uma única vez, e resolvi desistir, achei que bastava não comparecer..
    Embora estivesse com todos meus contatos disponíveis atualizados como : e-mail, residencial, e telefone..
    Não recebi nenhuma ligação , carta ou e-mail, o boleto me avisando que estava gerando um débito mensal…
    Só recebi uma cobrança após o semestre estar encerrado ,ou segundo eles eu estar devendo todas as mensalidades…
    Essa cobrança é legal?

    • Olá Nicolau,

      A partir do momento que você efetuou a matrícula, você iniciou um vínculo com esta instituição de ensino e o compromisso de efetuar os pagamentos mensais. Por isso, ao desistir desta faculdade é obrigatório que seja solicitado o cancelamento da sua matrícula pois sua ausência ou não utilização do portal não encerram as obrigações entre contratante e contratado. Portanto, esta cobrança é legal.

  5. Olá Boa noite estou com dívidas de cartão de crédito e carnes e n tenho como pagar se eu n paga oa acontece pq no momento estou desempregada

  6. Olá boa tarde eu tenho um comércio e o movimento está fraco eu deixei uns boletos atrasados que foram pra protesto e agora eles entraram em contato pra mim efetuar o pagamento se não a dívida vai pro ajuizamento oque seria isso oque eu posso fazer porque o momento não tenho como pagar

  7. Olá, trata-se de um acidente de transito que sofri no ano passado na BR SC – 480. Cujo o DEINFRA agora está me cobrando danos ao patrimônio público, pois no acidente o veículo estragou, segundo o B.O, 12 metros de Defensa Metálica. O valor que está sendo cobrado é de 2,763,00 R$. Preciso pagar isso além de ter perdido meu carro. No site do DEINFRA, eles parcelam em no máximo 12 vezes, valor extremamente fora do meu orçamento. A pergunta é: Preciso de uma orientação para entrar com recurso ainda no administrativo, para tentar reduzir o valor e aumentar o número de parcelas. Será que consigo isso? as prestações.

    • Olá Eva,

      Isso vai depender muito do valor da dívida, tipo de dívida, entre outros. Quando uma pessoa fica inadimplente, normalmente as empresas iniciam com a cobrança de forma simplificada por telefone e outros canais de comunicação para buscar a realização de um acordo de pagamento. Entretanto, quando não se obtém sucesso desta maneira é comum que as empresas ingressem pelas vias judiciais com processos de cobrança para recuperação dos valores devidos, podendo inclusive solicitar a penhora de bens dependendo do caso.

      • Boa tarde! Estou lendo suas explicaçãoés, mas vc não está orientando e sim assustano as pessoas que já se encontram desesperadas,explique melhor! Pois cada caso é diferente e nem tds vão a juízo ,acho que vcs como conhecedores das leis deveria explicar com palavras que os consumidores consigam intender

        • Olá Vande,

          Agradecemos pelo comentário, mas nossos retornos não tem por objetivo assustar quem está com dúvidas. Pelo contrário, estamos apenas explicando o que pode ocorrer em um processo de cobrança e como pontuado em seu próprio questionamento, varia muito de dívida para dívida.
          Nós não possuímos acesso a informações completas de quem está publicando seu questionamento, portanto precisamos dar uma resposta mais abrangente para contribuir com as dúvidas.

  8. Sou proprietária de uma banca de jornal e revista, que ainda não está em meu nome.
    Mas eu al7guei a banca e o locatário saiu é deixou algumas dívidas, no nome do antigo proprietário e no nome do meu filho.
    Quis resolver tudo amigavelmente, mas não teve conversa.
    Isso faz um ano, quero cobrar diante ao fórum, como devo proceder

  9. Boa tarde, recebi uma cobrança para uma audiência pré-processual referente a uma dívida que tenho mediante uma faculdade!
    Solicitaram a presença de um advogado, não tenho como pagar a dívida, quem dirá um advogado!! Não tenho bens, móveis nem imóveis em meu nome. O que devo fazer? As ameaças são tantas que já estou temendo até ser detida por não pagamento de conta

  10. Bom dia.
    Tenho uma divida de um cartão de crédito a mais ou menos um ano como Bradesco, recebo ligações de cobranças todos os dias, embora já tenha informado que estou desempregado sem condições de negociar e que quando conseguir um emprego eu vou procurar o banco e negociar minha divida eles não respeitam continuam ligando eu pergunto a eles por que gravam as ligações se eles não procuram saber antes de ligar o que esta acontecendo. Isso é tortura psicolóliga . Não precisam ficar me incomodando já esta gravado e só ouvi antes. Ou eu tenho que ficar repetindo sempre que estou desempregado sem condições de negociar?
    Obrigado.

    • Olá Vicente,

      As ligações telefônicas são parte do processo de cobrança e normalmente é a fase amigável em que a instituição tenta negociar a melhor forma de pagamento sem precisar recorrer as vias judiciais. De fato as empresas de cobrança gravam as ligações, principalmente por motivo de segurança para ambas as partes e não para ouvir antes de realizar um novo contato.

  11. Bom dia, sou aluna de uma universidade e passei por um problema e deixei atrasar 3 parcelas no valor total de 900 reais, os juros que eles estao cobrando sao o triplo estao me cobrando quanse 3 mil reais ja tentei negociar mas sao irredutiveis as outras parcelas estao quitadas e as futuras que estao vindo tambem estao sendo quitadas. como eu poderia estar agindo para estar revendo esses juros que sao visivelmente abusivos? hoje me mandaram uma mensagem que o processo de cobranca foi efutudado. agurdo sua resposta desde ja obrigada.

  12. Bom dia.
    Tenho empresa e está por sua vez fechou por diversos fatores. E com.muitas dívidas, só que todos os bens da empresa inclusive a casa onde moro está registrado no meu CNPJ. Eles podem colocar uma certidão de execução na casa?

    • Olá De, tudo bem?

      Cada caso de dívida/cobrança tem suas próprias particularidades, o que impossibilita que determinemos a possibilidade de execução da sua casa. Contudo, esta é uma possibilidade que existe sim nos processos de cobrança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *